1/02/2018

Grupo anarquista injeta ácido em alimentos e bebidas em supermercados





Um grupo de anarquistas gregos fez um ataque terrorista nesse final de ano em 2017. Eles injetaram ácido clorídrico em refrigerantes, leite e carne em supermercados, e postaram fotos nas redes sociais.




Vários mercados gregos foram forçados a tirar alguns produtos das prateleiras com a ameaça. A polícia alertou as cidades de Atenas e Salónica a não comprar Coca Cola, leite, e um tipo de carne. Com as 2 cidades cerca de 1 milhão de pessoas foram afetadas pela ameaça.

O grupo anarquista se chama "Blackgreen Arsonists" e se declara Eco-ativista. Eles lançaram uma mensagem de ataque aos cristãos no Natal:




"Hoje milhares e milhares de cristãos vão deixar seus sofás para fazer as suas compras de Natal, para preencher suas vidas vazias com lixo consumível coberto de enfeite bonito, e com embrulho brilhante. As vítimas da festa são criaturas vivas que são abatidas para ir para as mesas dos vivos, drenados até a última gota de sangue para satisfazer seus paladares "

Eles falaram quais itens específicos eles contaminaram. Foram garrafas de 1,5 litros de Coca Cola e Coca Light, um pacote de carne e uma marca de leite. Os alimentos foram contaminados entre os dias 20 e 24 de Dezembro.




O ácido clorídrico é uma solução incolor e inodora, tóxica e corrosiva. Se consumida ela causa danos imediatos com dor severa na garganta, choque, vômitos, sangramentos e morte.

Ninguém foi afetado pelo ataque ainda, provavelmente pelo aviso que o grupo deu com antecedência. Mas apesar da ameaça online com fotos, nenhum membro do grupo foi preso.
A polícia acredita que o ataque não foi político, eles na verdade pensam que estão prejudicando empresas multinacionais. As vítimas desse ataque seriam na maioria jovens, que são os consumidores dos produtos contaminados.


Bons Pesadelos...

Siga o medob no Instagram e veja mais #CuriosidadesDoMedo - http://instagram.com/medob