10/11/2017

Culto de Chucky (Cult of Chucky) - Crítica de filmes de terror Netflix







Chucky voltou pro seu sétimo filme que foi direto para DVD e vai aparecer na Netflix.
Para fazer uma crítica de Cult of Chucky vale lembrar que eu sou formado em Brinquedo Assassino 1, 2 e 3. Sim sou um daqueles chatos que amam os 3 primeiros filmes.
Brinquedo Assassino 2 foi o primeiro filme de terror que eu vi, e o Chucky é um dos vilões mais importantes que existem no terror junto com Jason e Freddy Krueger.

Agora então vamos falar do Culto de Chucky?
O filme começa muito bem com o Andy, o velho garotinho perseguido por Chucky, agora já adulto, em uma cena LINDA que eu não vou dar spoilers, mas pela cena inicial o filme prometia muito.

Depois o filme corta pra Nica, a mulher da Maldição de Chucky, que agora está num hospício acusada de ter esquizofrenia e ser responsável pelas mortes do Chucky no ultimo filme. O médico dela libera ela para um hospital psiquiátrico de segurança mais baixa depois que ela faz um tratamento, e lá ela tem mais privacidade e até um quarto próprio.

Até aqui tudo indo bem, cena de abertura muito boa, um cenário perfeito, já que filmes de terror em manicômios costumam ser assustadores com um monte de loucos pra explorar, só faltava a estrela principal: Chucky.




Chucky aparece, o médico traz um boneco bonzinho pra ajudar na recuperação da Nica. Tiffany também aparece com um presente pra Nica, e por fim o médico recebe outro boneco bonzinho, anonimamente, pelo correio.

E é aqui que o filme começa a cagar tudo, mas eu não vou contar o que acontece porque eu não dou spoilers. Mas o filme cai e cai muito.

- O Cult of Chucky tenta trazer o terror de volta ao Chucky, mas faz uma cagada na história.
- O CGI e os efeitos são muito ruins, eu gosto do Chucky boneco, nunca vou me acostumar com ele feito em computador.
- As mortes do filme são boas, em especial uma cena linda que faz homenagem a uma morte da Noiva de Chucky.
- O final do filme é louco, completamente aberto, seria bom só se fosse o final do 1 episódio de uma série.
- Por fim a cena pós créditos de 20 segundos vale o filme inteiro para os fãs do Brinquedo Assassino 2, como eu.




Eu amo o Chucky mas o filme ficou fraco por causa da história. Não é péssimo, você pode assistir, e se for fã do Chucky é bom pra matar saudades.
A cena pós créditos deixa uma esperança para salvarem tudo num próximo filme. É possível, já que Chucky também sempre inventa alguma coisa e nunca segue a história certinha.


NOTA: 3 / 5


O Culto de Chucky já está a venda em DVD e parece que vai chegar na Netflix até o final do mês, mas ele vem com alguns cortes e SEM a cena pós créditos! Então o DVD é uma opção para fãs e claro, colecionadores.





Fica aqui a saudade do Chucky e a esperança do próximo filme ser melhor e com menos CGI.
Ele sempre volta.

Bons Pesadelos...