6/10/2017

O Albergue é baseado numa história real? Conheça o Red Room





O Albergue é um filme que mostra uma espécie de clube, onde alguém pode pagar para torturar e matar uma pessoa, podendo fazer literalmente o que quiser com ela. A vítima "escolhida" é sequestrada e não pode fazer nada.




Em 2005 Eli Roth disse que a ideia do filme veio quando ele viu em um site uma propaganda que oferecia pra você dar um tiro na cabeça de uma pessoa por $10,000. O site, supostamente da Tailândia, afirmava que a vítima era retirada de uma vila pobre e que aquela pessoa já iria morrer de fome por causa da pobreza.
Com essa imagem na cabeça, Eli Roth fez O Albergue, que você pode asssistir no Netflix(que não põe 1 centavo aqui nesse blog).

Esse site que o Eli Roth afirma ter visto nunca foi encontrado e acabou virando uma lenda urbana.




Mas fazendo uma pesquisa sobre esse tipo de assunto pela deep web eu descobri que algumas pessoas procuram por um site chamado Red Room(Quarto vermelho).

Red Room seria um, ou mais, sites da Deep Web, onde você pode pagar caro com bitcoins, para assistir estupros, tortura e assassinato ao vivo, como se estivesse assistindo uma live no youtube ou Facebook.
Pagando o preço mais alto você poderia até "participar" dando ordens do que você quer ver acontecendo com a vítima e até a forma dela morrer.




Dizem que os sites de Red Room seria uma lenda urbana, mas usuários do Reddit acreditam que eles existem sim. O problema é que seriam de um grupo de elite extremamente fechado que pagam milhares de dólares para ver e participar. Então além de muito dinheiro, você teria que encontrar esse grupo e ainda conseguir um convite para entrar.
Não é para qualquer um, por isso muitos acham que é uma "lenda urbana".

Um caso pelo menos prova que o Red Room é real, é o caso de pedofilia Peter Scully. O pedófilo foi julgado e está preso nas Filipinas.
Quando ele foi preso descobriram que usuários de um site pagavam 10 mil dólares para ver Scully abusando e torturando crianças em vários videos produzidos por ele.
Peter Scully mantinha alguns sites online onde usuários podiam ver vários videos de tortura e abuso de crianças e até de bebês!




Esse cara definitivamente é muito doente. Suas vítimas na maioria eram meninas moradoras de rua que ele falava que pegava para "cuidar e ajudar". Além de toda tortura e abusos que você já imaginam tinha mais. Segundo testemunhas ele fazia as meninas cavarem sua própria sepultura.


Na internet quando você procura muito uma coisa você acaba encontrando, então tenha sempre certeza se quer mesmo aquilo que você for procurar.
Infelizmente a realidade consegue ser pior do que as histórias e lendas. O ser humano é assustadoramente cruel.

Ah temos o problemas das lives também. Chegamos a era do "ao vivo" na internet, não só Youtube agora, mas todas as principais redes sociais fazem videos ao vivo, Twitter, Facebook, Instagram. O Facebook já reconheceu que não tem como evitar que videos como suicido sejam transmitidos ao vivo, isso porque eles nem pensaram em coisas piores ainda.
O que vai aparecer por ai?


Bons Pesadelos...


O PC do Medo B queimou, se você puder, ajude nossa vakinha para continuar o blog e voltar o canal! Clique Aqui