3/11/2017

Nerve (2016) - Crítica / Review



Nerve estreou no Brasil em Agosto de 2016 mas passou completamente despercebido pra mim. Fiquei sabendo dele aqui no blog, no post do Jogo da Baleia Azul, onde um leitor me contou nos comentários(A participação de vocês nos comentários sempre ajuda)




Nerve é sobre um jogo de desafios online por um aplicativo de celular. No jogo você pode ser um jogador ou um espectador. Os jogadores tem que cumprir desafios feitos pelos espectadores e vão ganhando dinheiro por cada desafio completo. Eles também ganham popularidade dependendo da dificuldade do desafio. Mas todo mundo que falha em algum desafio, perde o jogo e perde todo o dinheiro que ganhou. No final apenas um vence o Nerve e leva todo o dinheiro que ganhou.

Mas o filme não é só sobre o jogo, é sobre popularidade e os desafios da internet. A personagem principal, Vee, entra no jogo por se sentir pressionada pelos amigos. Nerve, como os desafios atuais da internet, não tem regras nem limites, ele vai ficando cada vez mais perigoso, e, ou pela popularidade ou pelo dinheiro, as pessoas não param de aceitar e fazer os desafios.




Eu gostei, o filme é muito bom. As cores dele são lindas, chama atenção porque ele é quase todo em neon passando a ideia de uma coisa ainda mais futurística. Mas Nerve está longe de ser futurístico, é um filme mais atual do que nunca.

A Internet hoje virou um grande jogo do Nerve, mas em vez de estar em 1 aplicativo está dividido por todas as redes sociais.
Sim os jogadores estão lá fazendo desafios cada vez mais perigosos propostos pelo publico e pela mesma recompensa, fama e dinheiro.
Sim os espectadores estão lá também! Talvez você faça parte disso.




Não entenda mal, eu não vou negar, eu sou um espectador também. Eu gosto de alguns desafios. Gostei do filme, inclusive o filme está atrasado, ele pega mais "leve" nos desafios se comparado a alguns desafios que estão fazendo na internet hoje. (Eu já vi gente colocando fogo no corpo, já vi gente dando tiro na própria bochecha pra bala sair pela boca, e já vi gente fazendo vídeos de tortura chinesas!)

Nerve também não foi o primeiro nem único filme a mostrar essa realidade da internet, o filme Sem Vestígios já mostrou isso uma vez de uma forma bem mais pesado. O filme tem um estilo de Jogos Mortais, se você é fã e tem saudades de Jogos Mortais, assista Sem Vestígios!
Black Mirror já mostrou realidades semelhantes como o episódio da pornografia na ultima temporada, e até o Stephen King já falou disso nos anos 80 quando "previu" um Reality Show onde condenados a pena de morte participavam do programa para salvar a sua vida, no livro O Concorrente(a Amazon vende em ebook) ou no filme O Sobrevivente.


https://www.amazon.com.br/concorrente-Stephen-King-ebook/dp/B00N53ITP2/ref=as_sl_pc_qf_sp_asin_til?tag=meb0f-20&linkCode=w00&linkId=c17ccdf3d8dd06b13efa479847d16b03&creativeASIN=B00N53ITP2


A única coisa que eu lamento nessa coisa dos desafios é essa nova "wave" que está nascendo, começando na Rússia, onde colocam a vida de pessoas em risco, famílias inteiras e principalmente crianças! Isso foi o que eu mostrei aqui no post da Baleia Azul e do Jogo da Fada de Fogo.

Bom, mas o filme eu gostei muito. Podem assistir e se conhecerem outros no estilo podem me recomendar aqui nos comentários ou nas redes sociais!


Mas e você, aceita um desafio?

Bons Pesadelos...

O PC do Medo B queimou, se você puder, ajude nossa vakinha para continuar o blog e voltar o canal! Clique Aqui